PROCURADOR QUE PERSEGUE LULA É BANDIDO

Procurador que vaza denúncias contra Lula é acusado de agredir esposa
Referência e fonte da revista Época em casos de denúncias contra Lula, o procurador Douglas Kirchner, hoje considerado um personagem nacional, é alvo de inquérito do Ministério Público por espancar a esposa com cipó e cinto, além de mantê-la em cárcere privado. Em uma das ocasiões, ela ficou dois dias sem comer, até que conseguiu fugir e dormir na rua

Procurador Douglas Kirchner Lula
(Imagem: O Procurador Douglas Kirchner)

Jornal GGN
Antes de se tornar personagem nacional, atuando em parceria com a revista Época em casos envolvendo o ex-presidente Lula, o procurador Douglas Kirchner foi aprovado em um concurso em 2012 e alocado no Ministério Público Federal de Rondônia.
Lá envolveu-se em problemas religiosos-amorosos.
O procurador é fiel de uma seita em Porto Velho, a Igreja Evangélica Hadar, acusada de explorar crianças e adolescentes, obrigando os menores a vender sanduiches em vias públicas, de madrugada, a realizar serviços de faxina no templo. Em agosto de 2014 a seita foi denunciada àDEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente) (http://migre.me/t3ORW).
Na última semana de julho de 2014, Douglas foi denunciado ao Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, acusado de agressões físicas contra sua esposa, Tamires Souza Alexandre.
Segundo o GNotícias, da gospel.com.br, após o casamento, ambos foram residir no alojamento da igreja. Quando tentou se separar de Douglas, ele e uma pastora da igreja espancaram a moça com cipó e cinto. Depois, Tamires ficou em cárcere privado, só podendo se alimentar depois que os outros comessem. Foi obrigada a dormir no chão, com ventilador e sem cobertor, tendo adoecido por conta disso (http://migre.me/t3P5U).
Segundo o portal Rondônia ao Vivo, em uma das ocasiões a esposa teria ficado dois dias sem comer e, depois, foi trancafiada no alojamento da igreja. Mais tarde, conseguiu fugir e foi dormir na rua, sendo acolhida na casa de pessoas que a encontraram (http://migre.me/t3Paq). Era um crime previsto na Lei Maria da Penha.
No dia 8 de setembro de 2014, o Procurador Geral da República Rodrigo Janot dispensou Douglas do cargo de substituto eventual do Procurador-Chefe da Procuradoria do Estado de Rondônia (http://migre.me/t3Peg). Em seguida, Douglas foi removido para o Distrito Federal.
Apenas um ano depois, em 5 de outubro de 2015, a corregedoria nacional do Ministério Público instaura um processo administrativo contra ele. O crime cometido por Douglas foi transformado em “infração disciplinar” e submetido a julgamento pelo CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público). O processo ainda não chegou ao fim. Não o impediu de ocupar cargos relevantes no Ministério Público do Distrito Federal.
Nesse ínterim, Douglas mantém suas pregações religiosas, participando de eventos públicos da sua igreja, como o seminário “Casamento gay e marxismo cultural”.
Nele, Douglas explica que o erro não está nas instituições, mas no pecado. Investe vigorosamente contra os princípios da igualdade, o “abominável princípio” que tenta igualar pessoas nos aspectos econômicos, sociais e biológicos. Sustenta que o feminismo é uma invenção do ideal agnóstico das esquerdas. E compara o casamento homossexual à pedofilia e aos homens que fazem sexo com os animais.

Sobre a Feira Hippie de Ipanema

Artesanato ‘ made in’ BrasilArtesanato ‘ made in’ Brasil
A Feira Hippie de Ipanema, conhecida mundialmente, pela qualidade do artesanato brasileiro e a criatividade de seus artistas plásticos e artesãos, corre o risco de perder essas características, devido a invasão dos produtos “similares”, trazidos da Ásia para serem vendidos dentro do espaço cultural conquistado a duras penas por centenas de trabalhadores e trabalhadoras que expõem seus trabalhos, aos domingos na Praça General Osório, em Ipanema.
Chega constantemente ao nosso conhecimento que muitos artesãos já estão desanimados, por causa da concorrência que passou a existir na Feira Hippie de Ipanema. Dizem não aguentarem o “trampo” porque, ao produzirem suas peças, com as suas próprias mãos, ficam sem condições de disputar com os comerciantes infiltrados que passam por artesãos.
Outra questão que são os motivos das reclamações e desentendimentos, são as cópias. Há os que copiam os colegas descaradamente, e o pior, estes não possuem Licenças da Caloustre Gulbenkian para a Segunda Técnica e não consta autorização para venderem o artesanato exposto nas bancas. Há ainda os que simplesmente compram no atacado, direto das lojas de produtos chineses vendidos em larga escala, na da Rua da Alfândega ou trazidos de lugares longínquos .
Vistas Grossas
Nem sempre foi assim, mas ultimamente o Poder Publico, ligado ao Centro de Artes Caloutre Gulbenkian, órgão ligado a Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro, tem feito vistas grossas e lavado as mãos, se limitando a colher as assinaturas na lista de presença, dos expositores e cobrar a Taxa de Ocupação Urbana dos que estão em atraso.
Clientes tem reclamado, inclusive daquelas barracas que não possuem identificação visível, dificultando a sua localização, caso tenha que voltar à feira para, eventualmente trocar a mercadoria.
CONCURSO PÚBLICO ANULADO
As provas do último Concurso Público foram anuladas pelo Supremo Tribunal Federal. Os motivos ainda não foram esclarecidos até o fechamento desta reportagem. O que sabemos, é que o fato está prejudicando inúmeros artistas plásticos e artesãos, que foram aprovados pelo Centro de Artes Caloutre Gulbenkian, em 2009.
A Feira Hippie de Ipanema (Feirarte) vai se tornando assim, uma bagunça generalizada, onde cada expositor faz o que bem entende, sem sofrer criando animosidades entre os colegas, fazendo da Feira Hippie de Ipanema, mais um grande fornecedor de bolsas de pano semelhantes vindas do mesmo fabricante.
Tudo isso só contribui para denegrir ainda mais a imagem da Feira Hippie e causar problemas para todos, devido as fracas vendas.
Os artesãos mais antigos se sentem constrangidos e até ameaçados por grupos e indivíduos que não tem interesse em melhorar a convivência dentro daquele, que outrora foi um dos mais respeitados locais de venda do artesanato e das artes brasileira, mas que hoje; a ética, a paz e amor ficou apenas na história. Este texto está sendo publicado no site www.feirahippieipanema.net
Autor: Jornalista Frederico Araujo 26/01/2016
Artesanato ‘ made in’ Brasil
A Feira Hippie de Ipanema, conhecida mundialmente, pela qualidade do artesanato brasileiro e a criatividade de seus artistas plásticos e artesãos, corre o risco de perder essas características, devido a invasão dos produtos “similares”, trazidos da Ásia para serem vendidos dentro do espaço cultural conquistado a duras penas por centenas de trabalhadores e trabalhadoras que expõem seus trabalhos, aos domingos na Praça General Osório, em Ipanema.
Chega constantemente ao nosso conhecimento que muitos artesãos já estão desanimados, por causa da concorrência que passou a existir na Feira Hippie de Ipanema. Dizem não aguentarem o “trampo” porque, ao produzirem suas peças, com as suas próprias mãos, ficam sem condições de disputar com os comerciantes infiltrados que passam por artesãos.
Outra questão que são os motivos das reclamações e desentendimentos, são as cópias. Há os que copiam os colegas descaradamente, e o pior, estes não possuem Licenças da Caloustre Gulbenkian para a Segunda Técnica e não consta autorização para venderem o artesanato exposto nas bancas. Há ainda os que simplesmente compram no atacado, direto das lojas de produtos chineses vendidos em larga escala, na da Rua da Alfândega ou trazidos de lugares longínquos .
Vistas Grossas
Nem sempre foi assim, mas ultimamente o Poder Publico, ligado ao Centro de Artes Caloutre Gulbenkian, órgão ligado a Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro, tem feito vistas grossas e lavado as mãos, se limitando a colher as assinaturas na lista de presença, dos expositores e cobrar a Taxa de Ocupação Urbana dos que estão em atraso.
Clientes tem reclamado, inclusive daquelas barracas que não possuem identificação visível, dificultando a sua localização, caso tenha que voltar à feira para, eventualmente trocar a mercadoria.
CONCURSO PÚBLICO ANULADO
As provas do último Concurso Público foram anuladas pelo Supremo Tribunal Federal. Os motivos ainda não foram esclarecidos até o fechamento desta reportagem. O que sabemos, é que o fato está prejudicando inúmeros artistas plásticos e artesãos, que foram aprovados pelo Centro de Artes Caloutre Gulbenkian, em 2009.
A Feira Hippie de Ipanema (Feirarte) vai se tornando assim, uma bagunça generalizada, onde cada expositor faz o que bem entende, sem sofrer criando animosidades entre os colegas, fazendo da Feira Hippie de Ipanema, mais um grande fornecedor de bolsas de pano semelhantes vindas do mesmo fabricante.
Tudo isso só contribui para denegrir ainda mais a imagem da Feira Hippie e causar problemas para todos, devido as fracas vendas.
Os artesãos mais antigos se sentem constrangidos e até ameaçados por grupos e indivíduos que não tem interesse em melhorar a convivência dentro daquele, que outrora foi um dos mais respeitados locais de venda do artesanato e das artes brasileira, mas que hoje; a ética, a paz e amor ficou apenas na história. Este texto está sendo publicado no site www.feirahippieipanema.net
Autor: Jornalista Frederico Araujo 26/01/2016
DSC04581

José Dirceu -Temperado na Luta

Assisti durante 54;23. o depoimento que o Ex Ministro José Dirceu fez ao Juiz Sérgio Moro e saio convencido da farsa que montaram para condená-lo.
O que vi, foi um homem maduro,experiente e de esquerda, cujo semblante abatido, mostrava o sofrimento de estar preso injustamente.
Lúcido, firme e seguro nas respostas, José Dirceu mostrou ao seu inquisidor, durante o interrogatório, as qualidades, que só vem à tona em certos momentos da vida.
Homens equilibrados como José Dirceu, só demostram com a sua história de vida o quanto as classes dominantes o odeiam e que tudo farão para derrotá-lo. O povo brasileiro precisa de homens públicos, que carreguem em seu DNA o seu quilate ideológico que verga mas não quebra feito o aço temperado, que são colocados à prova todos os dias, no fogo da luta.
Lúcido e coerente não vi o José Dirceu vencido, derrotado:, mostrou-se digno de respeito, ao contrário daqueles que o acusam sem provas. Assista ao vídeo e tirem as suas conclusões.Jornalista Fred Araujo https://youtu.be/7raePzNJb4g

ARTIGO DO PROFESSOR Fred Jr

Uma Democracia Real não quer dizer q se pode falar qq coisa, principalmente acusando e culpando antecipadamente.. Até nos países ditos Liberais, como EUA e ING, existe forte regulamentação do que se publica nos jornais, tv e agora internet, q ainda tah no início, com muitas postagens perigosas, antidemocráticas e de cunho preconceituoso contra etnias, religiões, ideologias, gênero e orientação sexual.. Aqui na América d Sul, especialmente após as eleições de governos progressistas e populares, as Mídias Nacionais, historicamente dominadas pelas Elites Coloniais, Ruralista, Empresarial e Aristocráticas, fazem um jornalismo doentio, acusatório, sem limites de responsabilidades jurídicas e claramente oposicionistas a estes Governos, Na Venezuela quase tiraram o Chaves em 2002, com apoio imediato dos EUA. Precisou o povo colocar ele no posto de novo (Veja o Documentário A Revolução não será Televisionada). Na Argentina escondem claramente o apoio do povo a Era Kitchner, numa Eleiçao de Macri ainda mais apertada que a brasileira de 2014. No Brasil, editam e publicam apenas as delações q interessam a oposiçao, insuflando e emulando boa parte da Classe Média contra o PT, os Comunistas e agora o LULA, na tentativa desesperada de queimá-lo a lponto de não poder concorrer em 2018. Além disto, individualmente, as pessoas tão perdendo o tino na internet, publicando vídeos e textos de apologia ao Totalitarismo, à justiça pelas proprias mãos, contra os mmovimentos sociais, além de ódios gratuitos contra pessoas e ideias, como foi o caso do Chico Buarque. Sei q muitos de vcs tem o receio de que uma regulamentação ou contreole de certas publicações possa abrir precedentes pra Censura Prévia ou mesmo q haja monitoramentos de nossa privacidade. Mas isso é uma preocupação efêmera. EUA jah monitora tudo q postamos através do Google, Youtube e afins. Já somos monitorados e espionados há tempos, basta lembrar as denúncias feitas pelo Wikilics de espionagens internacionais. Essa é uma discussão ampla, q envolve instituições e pessoas, direitos e responsabilidades, interesses públicos e privados. Mas não podemos deixar correr solto. Na relação entre a Sardinha e o Tubarão, já sabemos quem sai ganhando.. BOA TARDE AMIGOS
CurtirComentarCompartilhar
Comentários
Frederico Araujo Jr.
Frederico Araujo Jr. https://www.youtube.com/watch?v=MTui69j4XvQ

A revolução não será televisionada – O golpe na…
YOUTUBE.COM